Apenas um ponto está impróprio para banho no litoral do Rio Grande do Sul – Porto Alegre 24 horas

Apenas um ponto está impróprio para banho no litoral do Rio Grande do Sul

A informação consta no boletim do Projeto Balneabilidade, divulgado pela Fepam
Foto: Divulgação | Prefeitura de Capão da Canoa

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Dos 90 pontos monitorados em relação à balneabilidade no Rio Grande do Sul, apenas um apresenta condição imprópria para banho: o balneário dos Prazeres, na Laguna dos Patos, em Pelotas, no Sul do Estado.

Confira nossos perfis no Instagram, TwitterFacebook e Telegram e tenha acesso a todas nossas notícias.

A informação consta no boletim do Projeto Balneabilidade, divulgado nesta sexta-feira (14) pela Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental). A iniciativa é realizada desde o verão 1979/1980.

Recomendações aos banhistas:

– Procure entrar na água apenas em locais que apresentem condição própria para o banho.

– Tenha atenção especial com as crianças e idosos, pois são mais sensíveis e menos imunes.

– Evite tomar banho em época chuvosa e nas primeiras 24 horas após chuvas intensas, já que a tendência é de carreamento de esgotos e resíduos para os cursos d’água, o que pode ocasionar picos de contaminação dos rios e oceanos.

– Evite entrar na água nos períodos de cheia do rio, quando o leito está fora do seu curso normal, e em canais pluviais, saídas de sangradouros, córregos ou rios que afluem nas praias, pois podem estar contaminados por esgoto doméstico.

– Não tome banho em locais com concentração de algas, já que podem conter toxinas altamente prejudiciais à saúde.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade