Bolsonaro decide não ir à posse de Gabriel Boric como presidente do Chile – Porto Alegre 24 horas

Bolsonaro decide não ir à posse de Gabriel Boric como presidente do Chile

Governo brasileiro apenas cumprimentou o presidente eleito, em uma nota do Itamaraty, quatro dias após a confirmação da eleição de Gabriel Boric
Foto: Reprodução

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que não comparecerá à posse do presidente eleito do Chile, Gabriel Boric, marcada para o dia 11 de março.

“Eu não sou de criar problemas com a relação internacional. O Brasil vai muito bem com o mundo todo. Você vê, quem vai na posse do novo presidente do Chile? Eu não irei, vê quem vai?”, disse ele, em entrevista para o site Gazeta Brasil.

O Brasil só cumprimentou o presidente eleito, em uma nota do Itamaraty, quatro dias após o governo chileno confirmar a eleição de Gabriel Boric para a Presidência. Esse gesto ocorreu somente após autorização expressa de Bolsonaro, que comentou o fato em uma live semanal dia 23 de dezembro.

Ex-líder de protestos estudantis, Boric é de esquerda e derrotou, no segundo turno da eleição presidencial chilena, o candidato de extrema direita José Antonio Kast, que foi comparado a Bolsonaro durante a campanha.

Kast reconheceu a derrota e cumprimentou Boric pela vitória. (Brasil 247)

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade