Justiça seja feita ao cão Costelinha de Rio Grande

Justiça seja feita ao cão Costelinha de Rio Grande

“Costela” foi agredido e morto em estacionamento; populares afirmam que animal era dócil
Foto: Rafael Ziglia / Arquivo Pessoal

Compartilhe esta notícia

Por Deputado Rodrigo Maroni:

Não sou o Prefeito!
Não sou o Delegado do caso!
Não sou agente do Ministério Público!

Mas chega esse vídeo com mais detalhes:

1. O cão Costelinha corre e volta do Washington Álvaro, forma de brincar. Típico da raça Buldogue que conheço bem (não são agressivos), ou seja ele ainda queria brincar com o seu assassino.

2. O cão Costelinha em nenhum momento tentou fugir dele, correr. Ainda enxergava nos seres humanos confiança.

3. O Washington Álvaro premeditou, não foi algo por impulso que não justificaria. Sim, ele criou um situação, se armou com um pau com prego e organizou a situação. Típico de pessoas psicopatas.

4. Rio Grande pode ter várias iniciativas para cidade, mas a mancha para a prefeitura só será revertida com a demissão desse indivíduo.

5. Que ambiente ficará para os colegas ter na mesma sala uma pessoa assim: que premedita, que manipula, que oferece um risco real aos demais colegas.

6. Ao Prefeito Fábio Branco, espero o imediato demissão desse servidor como forma de restaurar a tranquilidade na prefeitura e mostrar aos demais servidores que isso não é admitido pela prefeitura.

7. Ao delegado do caso, enviei a chefe de polícia Nadine o fato. Mas a forma exemplar dentro da lei é pedir a prisão desse indivíduo ao judiciário. Para que ele seja preso.

8. Ao Ministério Público, também enviei ao último procurador do estado Fabiano o fato. E esperamos que seja estabelecida lei. Pedido de prisão em vista a Lei Sansão.

9. Qualquer afastamento, aposentadoria ou algo do tipo irá configurar férias remuneradas. E conivência por parte de instituições. Não é o que a população espera e aceitará.

10. Eram dois buldogues, ele matou na frente da irmã do Costelinha. Algo cruel, agressivo e sádico.

11. Temos consciência que o tempo simplesmente age a favor do indivíduo. Qualquer período que dure favorece ao criminoso, para que caia no esquecimento.

12. Sábado convidamos a toda população para estar presente às 17h em frente à garagem onde Costelinha foi assassinado.

13. A Prisão e a demissão é a única alternativa de demonstração que o Poder Público deve ter agora.

14. Imaginem todos se fosse um filho, mãe, parente teu morto com um prego na testa. Mereceria um afastamento do assassino.

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade