Comitê da ONU promove passeio ciclístico pela vida das mulheres em Porto Alegre

Comitê da ONU promove passeio ciclístico pela vida das mulheres em Porto Alegre

Evento na Orla do Guaíba, neste sábado (26), cobra mais políticas públicas de combate à violência contra as mulheres
Foto: Maria Emilia Portela | PMPA

Compartilhe esta notícia

Brasil de Fato
Na semana de comemoração aos 250 anos de Porto Alegre, o Comitê Gaúcho Eles Por Elas, da ONU Mulheres, realiza o “Pedal POA – sem violência contra as mulheres”. O evento ocorre neste sábado (26), a partir das 16h30, na Orla do Guaíba, em Porto Alegre. O objetivo do passeio ciclístico é chamar a atenção para a necessidade da retomada de políticas públicas para as mulheres.

Confira nossos perfis no Instagram, TwitterFacebook e Telegram e tenha acesso a todas nossas notícias.

A concentração será no Anfiteatro Pôr do Sol. De lá, os ciclistas irão até a Usina do Gasômetro, onde ocorrerá um ato de conscientização e apresentação musical do Grupo Samba de Rolê (em frente ao Sheik Burger).

Entre os participantes confirmados está a ex-presidenta Dilma Rousseff, que tem um legado de trabalho em defesa das mulheres. À época do seu governo, foram criadas a Lei do Feminicídio e a Casa da Mulher Brasileira, entre outras iniciativas para a autonomia das mulheres e enfrentamento da violência e desigualdades econômicas e sociais.

O deputado Edegar Pretto (PT), coordenador do Comitê Gaúcho da ONU Mulheres, ressalta que o aniversário de Porto Alegre é uma boa ocasião para dar visibilidade à pauta, promovendo o debate por uma sociedade com mais respeito, igualdade e oportunidades para as mulheres. Segundo ele, que também coordena na Assembleia Legislativa a Força-tarefa de Combate aos Feminicídios no Rio Grande do Sul, é urgente retomar os investimentos em políticas públicas para ampla proteção das mulheres.

Conforme dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP/RS), Porto Alegre registrou, no ano passado, nove feminicídios, 274 estupros e 2.446 casos de agressões com lesão corporal. Somente em janeiro e fevereiro deste ano, foram 40 estupros, um feminicídio e 424 casos de lesão corporal.

Eles Por Elas

O movimento Eles por Elas é um esforço global criado em 2014 pela ONU Mulheres para difundir a conscientização pelo fim de todas as formas de discriminação e violência contra mulheres e meninas. O RS foi o primeiro estado do país a aderir ao Eles Por Elas.

O Comitê Gaúcho é composto por empresas, universidades, instituições públicas, de segurança e judiciário, artistas e clubes de futebol da dupla Grenal. É o único autorizado pela ONU no Brasil. Uma de suas principais campanhas é a Máscara Roxa, lançada em 2020 durante a pandemia para ajudar mulheres vítimas de violência doméstica em todo o estado.

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade