Homem desaparecido há 22 anos é encontrado mumificado em montanha do Peru
Search
Foto: Freepik / ilustrativa

Homem desaparecido há 22 anos é encontrado mumificado em montanha do Peru

Corpo de alpinista americano é descoberto a uma altitude de 5.200 metros

Compartilhe esta notícia

O corpo de William Stampfl, um alpinista americano que desapareceu há 22 anos, foi encontrado mumificado na segunda-feira, 8, na montanha Huascarán, a mais alta do Peru. Stampfl, de 59 anos, estava vestido e em bom estado de conservação.

Stampfl foi dado como desaparecido em junho de 2002, quando uma avalanche atingiu seu grupo de escalada na montanha Huascarán, que possui 6.757 metros e está localizada na região de Áncash. As condições de frio extremo, que podem chegar a -19°C, permitiram a conservação do corpo desde então.

Segundo a polícia peruana, socorristas encontraram o corpo de Stampfl a uma altitude de 5.200 metros, perto do acampamento base um do Huascarán, uma área conhecida por suas fendas perigosas.

A descoberta foi possível graças ao derretimento das geleiras, um efeito das mudanças climáticas. Stampfl estava vestido com roupas de escalada, arnês e botas. Seu passaporte, encontrado entre seus pertences, permitiu a identificação do corpo.

As montanhas do nordeste do Peru, como Huascarán e Cashan, são populares entre os montanhistas. Em maio, o corpo de um israelense foi encontrado quase um mês após seu desaparecimento. No mês passado, um experiente montanhista italiano também foi encontrado morto após cair enquanto escalava outro pico andino.

Cobertura do Porto Alegre 24 Horas

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Porto Alegre 24 Horas nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Tem também o nosso grupão do Telegram e no Whatsapp.

Siga o Porto Alegre 24 Horas no GOOGLE News!