Do Sul21

Nova pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (29) pela RBS TV e pelo portal G1 aponta que Manuela D’Ávila (PCdoB) subiu de 24% para 27% em relação à última pesquisa do instituto, divulgada em 5 de outubro, mantendo a liderança na corrida pela Prefeitura de Porto Alegre.

Após Manuela, o Ibope aponta um cenário de empate tríplice pela segunda colocação, mas com a troca de nomes em relação à pesquisa anterior. O prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) tinha 9% e saltou para 14%, mesmo percentual de Sebastião Melo (MDB), que antes tinha 13%. Já o ex-prefeito José Fortunati (PTB) oscilou negativamente, de 14% para 13%.

A pesquisa indica ainda que Juliana Brizola (PDT) tem 4% das intenções de voto, João Derly (Republicanos) tem 3%, Fernanda Melchionna (PSOL) tem 3%, Valter Nagelstein (PSD) tem 2%, Gustavo Paim (Progressistas) tem 2%, Julio Flores (PSTU) tem 1% e Rodrigo Maroni (PROS) tem 1%. Os brancos e nulos somaram 8% e 8% dos entrevistados disseram não saber ou não responderam. Na pesquisa anterior, 13% disseram que votariam branco ou nulo e 11% diziam não saber. Montserrat Martins (PV) não foi citado.

Segundo turno

O Ibope também simulou pela primeira vez cenários de segundo turno. Manuela D’Ávila estaria em situação de empate técnico contra José Fortunati, com 41% contra 40% do ex-prefeito. Ela também aparece em empate técnico contra Sebastião Melo, com 43% contra 40% do ex-vice-prefeito. Já contra o atual prefeito Nelson Marchezan, ela venceria com 45% das intenções de voto contra 37%.

Fortunati venceria os outros dois candidatos, por 46% a 30% ante Marchezan e por 42% a 34% ante Melo. Já numa eventual disputa entre Melo e Marchezan, o emedebista teria 45% e o tucano teria 32%.

A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais para cima ou para baixo, com um intervalo de confiança de 95%. Foram ouvidas 805 pessoas que votam em Porto Alegre entre os dias 27 e 29 de outubro. A pesquisa foi contratada pela RBS TV e registrada na Justiça Eleitoral com o número RS‐06638/2020.