A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta sexta-feira (16), a Operação Xeque-Mate com o objetivo de desarticular uma organização criminosa comandada por detentos do Presídio Estadual de Canela, na Serra Gaúcha.

Foram realizadas buscas nas celas dos líderes da quadrilha. Durante a ação, os agentes apreenderam drogas, 24 telefones celulares, cerca de R$ 2,5 mil, documentos de anotação do tráfico de drogas, balanças de precisão, facas artesanais e diversos outros objetos.

Segundo as investigações, os indivíduos comandavam o tráfico de drogas dentro e fora do presídio, além de homicídios, roubos e outros crimes em Canela. A Operação Xeque-Mate investiga cerca de 30 traficantes na cidade. Treze deles estão presos. (O Sul)