Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

A Polícia Civil identificou nesta terça-feira o indivíduo que invadiu uma residência no bairro Medianeira. Segundo a delegada Eliana Lopes, da 2ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, trata-se de um homem de 32 anos e graças a Lei de Abuso de Autoridade, o nome não será informado.

Conforme informações, o homem era usuário de crack desde os 18 anos e atualmente vivia nas ruas do bairro, onde costumava fazer vários furtos.

O dono da casa estava acordado quando percebeu a presença do bandido, ao se aproximar da porta, houve uma breve conversa entre os dois, até que o criminoso anunciou o assalto munido de uma faca. O proprietário ainda pediu para que o invasor largasse o objeto, o que não aconteceu. O assaltante atacou e levou três tiros de pistola Glock .380.

O bandido ainda conseguiu escapar, mas foi encontrado 30 metros do local, já sem vida. A delegada Fernanda Generali, plantonista da 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento da Capital (2ª DPPA), disse: É tentativa de roubo à residência, e a vítima reagiu em legítima defesa. O morador não foi preso em flagrante. Entendi que, pelas circunstâncias, está caracterizada a legítima defesa e o delegado titular vai analisar se haverá um posterior indiciamento ou não.

O proprietário da residência é funcionário público e possui porte de armas. Ele ainda é atirador profissional e competidor de tiros. As informações são de GZH.