Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

Na manhã desta terça-feira (26), a Polícia Civil deflagrou a operação Operação Caçador em combate ao tráfico de drogas na modalidade de telentrega ou delivery, na região metropolitana. Estão sendo cumpridos três Mandados de Prisão Preventiva e seis Mandados de Busca e Apreensão nos bairros Guajuviras e Estância Velha, em Canoas, assim como no município de Porto Alegre.

Segundo a investigação a principal modalidade utilizada pelos investigados é a venda de drogas através de sistema de telentrega. Uma peculiaridade deste caso de tráfico é que os investigados criaram um esquema para possibilitar aos usuários de drogas utilizar o auxílio emergencial criado em razão da pandemia do vírus COVID-19 para o pagamento das drogas, através da emissão de boletos para os usuários pagassem pelas drogas. Posteriormente eles sacavam esses valores, em evidente fraude ao incentivo criado pelo governo.

Como o saque de valores do auxílio emergencial não é sempre possível, somente o pagamento de contas, os investigados criaram uma empresa fictícia em favor da qual os boletos eram emitidos. Maiores informações podem ser obtidas com o Delegado Rodrigo Caldas, titular da 3ª Delegacia de Polícia de Canoas. (PC)