Homem confessa ter estuprado e matado enteada de 13 anos no Vale do Caí

Homem confessa ter estuprado e matado enteada de 13 anos no Vale do Caí

Conforme laudo policial, a garota tinha marcas de enforcamento e violência sexual

Compartilhe esta notícia

Um homem de 39 anos confessou ter estuprado e matado por asfixia a enteada, Jordana Tamires, uma menina de 13 anos. O corpo da adolescente foi encontrado na beira do Arroio Forromeco, no Rio Grande do Sul, uma semana atrás.

O homem foi encontrado em Teutônia, a 61 km de Bom Princípio, local onde teria ocorrido os crimes. Ele confessou o crime no sábado, 10, em depoimento à Polícia Civil.

Ele vai responder por estupro de vulnerável e homicídio doloso qualificado.

Catraca Livre

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade