Foto: Porto Alegre 24 Horas

Criminosos se passam por moradores de rua para furtar lojas na zona sul da capital

Os suspeitos se passaram por moradores de rua e fizeram barracas em frente a loja para cometer o crime sem levantar suspeitas.

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Direto da redação:

Os criminosos estão cada vez mais ousados. Desta vez, se utilizaram de uma estratégia diferente para furtar uma série de comércios na Av. Teresópolis, na Zona Sul de Porto Alegre. Os suspeitos se passaram por moradores de rua e fizeram barracas em frente a loja para cometer o crime sem levantar suspeitas.

A Polícia Civil já está investigando os crimes, e os autores do furto ainda não foram encontrados, mas as investigações estão em andamento. Segundo relatos, os suspeitos montavam barracas improvisadas em frente aos comércios e usavam o esconderijo para cortar as portas de ferro dos estabelecimentos, entrar e fazer o roubo sem que fossem vistos.

De acordo com levantamento realizado pelos empresários na região, já foram contabilizados cinco comércios em apenas um mês. Sendo por 2 vezes uma banca de revista, mais um tentativa em uma livraria, uma cafeteria e nesta madrugada de quarta-feira (05) uma papelaria. Todos na mesma região e sempre cometido pelo mesmo casal. Eles fingem ser moradores de rua, simulam que estão dormindo, mas na realidade eles estão deitado nas portas arrombando e cometendo o crime de furto.