Fábrica clandestina de alimentos embutidos é fechada em Porto Alegre

Fábrica clandestina de alimentos embutidos é fechada em Porto Alegre

Cerca de 130 quilos de linguiças, bacon e matéria-prima foram apreendidos

Compartilhe esta notícia

Uma fábrica clandestina de alimentos embutidos foi fechada nesta segunda-feira (31), no bairro Vila Nova, na Zona Sul de Porto Alegre, durante uma operação conjunta da prefeitura e do MP (Ministério Público). Cerca de 130 quilos de linguiças, bacon e matéria-prima foram apreendidos.

Segundo a prefeitura, os alimentos eram produzidos em condições de higiene inadequadas e sem atender as normas sanitárias. A fábrica clandestina atuava há pelo menos um ano e seis meses.

A comercialização era feita pela internet, com entregas programadas, sem loja física. Segundo o MP, no Facebook e no Instagram, a Linguiças Gourmet do Guerreiro soma mais de 15 mil seguidores.

“O local não tinha a mínima estrutura para funcionamento de uma fábrica de embutidos”, disse o promotor de Justiça Alcindo Luz Bastos da Silva Filho.

(Foto: MP/Divulgação)

O Sul

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade