Foto: Freepik

Mulher liga para a Brigada Militar “pedindo açaí” para denunciar violência doméstica; confira o diálogo

O caso aconteceu no último sábado (5) em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Uma mulher vítima de violência doméstica foi socorrida pela Brigada Militar após simular um pedido de açaí por telefone, na verdade ela estava pedindo socorro. O soldado que atendeu a ligação não demorou para compreender a situação e logo informou que uma equipe estava se direcionando para o local. O companheiro dela foi preso na hora. O caso aconteceu no último sábado (5) em Porto Alegre. A informação é do G1.

Segundo a reportagem, o telefone tocou por volta das 7h e foi atendido pelo soldado da Central de Atendimento do Departamento de Comando de Controle Integrado da Capital, Danilo Garcia

Veja abaixo a reprodução da ligação, que a RBS TV teve acesso.

Atendente: Bom dia, Soldado Garcia, qual sua emergência?
Vítima: Queria um açaí.
Atendente: Não entendi…
Vítima: Ah eu queria um açaí
Atendente: A senhora ligou pro 190, para a Brigada Militar
Vítima: Eu sei, eu sei…
Atendente: Mas tá ocorrendo alguma coisa aí senhora?
Vítima: Sim, eu queria um açaí
Atendente: A senhora tá sendo agredida?
Vítima: Sim, eu queria um açaí moço…
Atendente: Vou informar ao batalhão da área, tá bom?
Vítima: Tá.

Para a reportagem, o soldado informou que percebeu que o agressor estava perto da vítima enquanto ela falava ao telefone e que eles estavam em atrito, o que confirmou a suspeita de que se tratava de um pedido de socorro.

A denúncia foi feita na Zona Leste de Porto Alegre e o suspeito foi preso em flagrante.