Foto: Sabrina Krischke / Arquivo Pessoal

Mulher morre após seu carro ser atingido por um paralelepípedo na Freeway

A Policia Rodoviária Federal suspeita que ação foi uma tentativa de assalto

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Um carro foi atingido por um paralelepípedo, por volta das 20h30min de sábado (12), na Freeway no sentido interior-Porto Alegre, e deixou uma pessoa morta. A vítima foi identificada como Munike Fernandes Krischke, de 45 anos. Ela era passageira do automóvel. Segundo informações, Munike chegou a ser levada ao Hospital de Pronto Socorro (HPS) e submetida a várias cirurgias, na tentativa de salvá-la, mas não resistiu aos ferimentos.

O marido de Munike, Alex Von Zeidler Ramos, que era quem conduzia o carro, não se feriu. Os dois residem no bairro Sarandi, na zona norte de Porto Alegre, e se deslocavam em direção à Zona Sul para um jantar em comemoração ao Dia dos Namorados, num restaurante. O caso ocorreu quando o casal passava sob uma das alças da nova Ponte do Guaíba.

Além do marido, Munike deixa um filho de seis anos.

Sabrina Krischke / Arquivo Pessoal

O caso está sendo investigado pela Policia Rodoviária Federal e Polícia Civil. A suspeita mais forte é que tenha sido uma tentativa de assalto, mas nao descartam a hipótese de algum acidente, ocasionado, por exemplo, pela
queda de parte da estrutura do viaduto.

A PRF deslocou uma viatura para o local do crime por volta das 21 horas, mas não encontrou sinal dos arremessadores de pedras. Foram feitas buscas a suspeitos.

Episódios de objetos jogados para praticar assaltos a motoristas já foram registradas naquela região. Pelo menos um dos casos resultou em morte, quando o condutor de uma Kombi parou após ter o veículo atingido por pedras. Ao ser assaltado, reagiu e foi esfaqueado.

Fonte Gaucha ZH