Foto: Reprodução

Polícia diz que imagens confirmam que policial agiu em legítima defesa

Quatro pessoas foram mortas em uma pizzaria na Zona Norte de Porto Alegre.

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Da GBC

Quatro homens foram mortos na madrugada deste domingo em uma pizzaria na Avenida Manoel Elias, Zona Norte de Porto Alegre. O autor dos disparos é um policial militar do 20º Batalhão de Polícia Militar (20º BPM), da Capital. Ele se apresentou na delegacia e prestou depoimento. As imagens, segundo a polícia, confirmam a sua versão.

Ao portal G1, a delegada Vanessa Pitrez, responsável pelo Departamento de Homicídios, afirmou que pode se tratar de uma situação de legítima defesa. “Ele tentou se esconder e as pessoas foram pra cima dele. Ele estava sozinho, eram seis pessoas e colocaram numa situação ‘embretado’ num canto, onde tinha um armário. Segundo a versão dele, não tinha outra forma de se defender, correndo o risco de ter a arma retirada e ser morto pela própria arma”, afirma.

Imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas. O vídeo das câmeras de segurança, que circula nas redes sociais, é o abaixo. Os rostos foram nublados para não atrapalhar nas investigações. As cenas são fortes.

O homem se apresentou na delegacia, entregou a arma e prestou depoimento, garantindo que agiu em legítima defesa. Agora ele aguarda as investigações em casa, afastado das suas funções.

Segundo ele, estava procurando pela ex-namorada e passou por uma festa em uma residência nas imediações do local. Foi neste momento que quatro homens e duas mulheres saíram do evento e o atacaram. Ele tentou se refugiar na pizzaria, avisou os homens que estava armado, mas mesmo assim entraram para lhe agredir.

Assista o vídeo: