Foto: Divulgação | Polícia Civil

Dupla é presa em operação que busca desarticular quadrilha oriunda da Zona Norte de Porto Alegre

Quadrilha teria ramificações em, pelo menos, cinco outros municípios

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta quinta-feira (22), dois integrantes de uma facção que nasceu na Zona Norte de Porto Alegre e expandiu as suas atividades criminosas para diversas regiões do Estado.

A operação “Big Garden”, deflagrada pela 5ª Delegacia de Homicídios da Capital, também tem como objetivo o recolhimento de informações – uma vez que há a suspeita de que o grupo está por trás de diversos homicídios.

Segundo as autoridades, diversos membros da organização foram identificados pela investigação, que começou no bairro Vila Jardim, considerado o berço da quadrilha. Acredita-se que a hierarquia da facção tenha sido descoberta, junto da existência de 15 endereços usados como depósitos de armas, drogas e refúgio para criminosos foragidos. Cinco armas foram apreendidas, incluindo uma espingarda de origem turca.

O armamento, considerado como fruto do tráfico internacional praticado pelo grupo, era ostentado nas redes sociais. A polícia chegou a encontrar um vídeo no qual os acusados aparecem mostrando a espingarda, que costuma ser vendida no mercado clandestino por cerca de R$ 20 mil. Além de Porto Alegre, a quadrilha teria ramificações em municípios como Taquara, Parobé, Tapes, Sapucaia do Sul e Campo Bom. (O Sul)