Bandidos são presos por sequestrar, matar e queimar homem na região metropolitana – Porto Alegre 24 horas

Bandidos são presos por sequestrar, matar e queimar homem na região metropolitana

A família viu ele levar 9 tiros.
Foto: Reprodução

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Da GBC

A Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de São Leopoldo prendeu nesta sexta-feira seis pessoas acusadas de um crime brutal ocorrido em 2017. Um homem, de 36 anos, foi retirado de casa com ao menos nove tiros no bairro Feitoria. O corpo foi encontrado carbonizado no bairro Mathias Velho, em Canoas.

Confira nossos perfis no Instagram, TwitterFacebook e Telegram e tenha acesso a todas nossas notícias.

Ele foi identificado como Charles Alberto Gonçalves. Moradores da Rua da Barca encontraram a vítima em chamas próximo a Ponte de Ferro sobre o Rio do Sinos. O Corpo de Bombeiros foi acionado e apagou o incêndio, mas o homem já estava morto.

Relembre o caso

Segundo informações da DPHPP, que está investigando o caso, Charles foi sequestrado dentro do próprio apartamento na Rua Aparício Brito, no bairro Feitoria.

Segundo relatos de familiares que estavam no local, cinco homens armados estavam no local. O grupo atirou pelo menos nove vezes contra Charles. Depois, ele foi colocado em um automóvel e o bando fugiu.

Horas depois, ele foi encontrado por moradores da Rua da Barca, em Canoas, em chamas próximo a ponte de ferro sobre o Rio do Sinos. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas quando chegou ao local, Charles já estava morto.

Conforme a polícia, a vítima tinha diversos antecedentes por crimes no Vale do Sinos e na Serra. Inicialmente, a suspeita é que a morte esteja ligada ao tráfico de drogas.

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade