Pastor é acusado de esfaquear garota de programa em motel após consumir drogas – Porto Alegre 24 horas

Pastor é acusado de esfaquear garota de programa em motel após consumir drogas

O pastor “tinha certeza que tinha matado ela”. A mulher não chegou a ter relações sexuais com o pastor
Foto: Divulgação/Policia Militar

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Na cidade de Campo Grande no estado do Mato Grosso do Sul , um pastor é acusado de esfaquear garota de programa em motel após consumir drogas. Segundo relatos de uma funcionária, o pastor “tinha certeza que tinha matado ela”. A mulher não chegou a ter relações sexuais com o pastor.

Conforme informações obtidas pela reportagem, o pastor envolvido no caso entrou no estabelecimento às 12h daquele dia e permaneceu trancado em seu quarto até às 18h consumindo drogas, horário em que a garota de programa entrou no motel e foi até o quarto.

Poucas horas depois, o homem deixou o quarto e foi até a recepção fazer o pagamento pela estadia, mas as funcionárias disseram ser preciso liberar o quarto. Nesse momento, duas pessoas acompanharam o pastor até o quarto e notaram a vítima ferida e ensanguentada.

As duas pessoas e a garota de programa buscaram refúgio em um cômodo no motel e ficaram trancadas até a chegada do socorro. As testemunhas relataram que ouviram chutes e até socos na porta como uma tentativa de arrombar a porta para tirar as mulheres do local.

A garota de programa não chegou a ter relações sexuais com o pastor. Quando ela chegou no quarto, o homem estava “louco” após ter consumido drogas por várias horas e começou a agredir a vítima “do nada”.
Fonte: Metrópoles

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade