Mulher encontrada morta em terreno baldio usava tornozeleira eletrônica – Porto Alegre 24 horas

Mulher encontrada morta em terreno baldio usava tornozeleira eletrônica

A mulher ainda não foi identificada.
Foto: Reprodução | JL Balestrin | GBC

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Da GBC

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Canoas investiga o caso da mulher encontrada morta na manhã desta terça-feira (30) no bairro Fátima. A ocorrência foi na Rua Joaquim Nabuco.

O corpo foi localizado pela Brigada Militar (BM) em um terreno baldio. Moradores relataram que vinham sentindo mau cheiro há alguns dias, mas não desconfiavam do ocorrido. Uma estimativa preliminar do Instituto Geral de Perícias (IGP) é que o cadáver estava no local há mais de cinco dias, devido ao avançado estado de decomposição.

A mulher ainda não foi identificada. Segundo os investigadores da DHPP, ela estava usando tornozeleira eletrônica. Porém, os agentes aguardam o laudo do IGP para confrontar as informações e confirmar a identificação.

Quem tiver informações sobre o caso pode denunciar de forma anônima pelos telefones: 0800 642 0121 ou pelo WhatsApp (51) 98416 7109.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade