Operação da Polícia Civil prende uma pessoa em Porto Alegre por ligação clandestina na rede elétrica – Porto Alegre 24 horas

Operação da Polícia Civil prende uma pessoa em Porto Alegre por ligação clandestina na rede elétrica

O proprietário do imóvel foi preso em flagrante.
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A Polícia Civil através da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio das Concessionárias e os Serviços Delegados (DRCP), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), sob a coordenação do Delegado de Polícia Luciano Dias Peringer, prendeu nesta segunda-feira (29) uma pessoa na cidade de Porto Alegre por conta de uma ligação clandestina feita diretamente na rede de uma empresa.

Os policiais civis identificaram, juntamente com técnicos da empresa CEEE/Equatorial Energia, a ligação clandestina na Avenida Bento Gonçalves, bairro Partenon. O proprietário do imóvel foi preso em flagrante.

O Delegado Peringer ressalta que o furto de energia por estabelecimentos comerciais está no foco de combate da Delegacia, pois, além de gerar grandes perdas na rede de energia, com prejuízos arcados por toda a população, e consequente diminuição de arrecadação de impostos, a conduta gera perigo e instabilidade na rede energética, além de promover concorrência desleal: “aquele que mantem comércio regularmente não consegue competir de forma igualitária com aquele que se vê livre do custo de energia intrínseco à atividade econômica”.

A ação resultou na prisão em flagrante de uma pessoa por furto, com penas de um a quatro anos de reclusão, sendo o flagrante lavrado na DRCP/DEIC.

Para deninciar ligações clandestinas nas redes elétricas da Capital ligue gratuitamente para o disque denúncia: 0800-510-2828; ou entre em contato pelo whatsApp ou telegram pelo número (51) 98418-7814. (O Sul)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade