Sergio Moro diz que votaria em Danilo Gentili para presidente – Porto Alegre 24 horas

Sergio Moro diz que votaria em Danilo Gentili para presidente

Humorista afirmou, em uma aula fechada da Academia MBL, que está aberto para conversar sobre possível candidatura à presidência
Foto: Divulgação

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Do Metrópoles

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro afirmou, em coluna publicada nesta sexta-feira (9/4) na revista Crusoé, que votaria no humorista Danilo Gentili para presidente da República.

A afirmação foi feita logo após apontar que o Manhattan Connection, atualmente na TV Cultura, tem sido um dos poucos programas que assiste durante a pandemia do novo coronavírus.

“O ambiente descontraído, a qualidade dos âncoras, a relevância e a heterogeneidade dos convidados têm sido um atrativo. Em um deles, quase foi lançada a candidatura presidencial do Danilo Gentili – que, aliás, teria o meu voto”, assinalou o ex-juiz federal, que hoje trabalha em um escritório de advocacia.

A candidatura de Sergio Moro também é ventilada como possível alternativa ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e ao ex-presidente Lula da Silva (PT), possíveis candidatos em 2022.

O ex-ministro da Justiça, no entanto, não se aprofunda no assunto. Ao longo do texto, ele defende o programa de críticas feitas por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

Como mostrou o Metrópoles, pesquisa encomendada pelo Movimento Brasil Livre (MBL) aponta que o humorista Danilo Gentili teria cerca de 4% dos votos caso se candidatasse à presidência da República, em 2022.

A taxa é semelhante as do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), do apresentador global Luciano Huck e do ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT), todos com 4%.

O levantamento de opinião pública foi realizado pelo Instituto de Pesquisas e Estratégia (IPE). Foram realizadas 2 mil entrevistas em todas as unidades federativas, nos dias 27 e 28 de março deste ano. A margem de erro para os resultados é de 2,2 pontos percentuais (pp).

O Metrópoles apurou que o humorista afirmou, em uma aula fechada da Academia MBL, que está aberto para conversar sobre uma possível candidatura à presidência.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade