Foto: Reprodução

Jair Bolsonaro lidera corrida presidencial em todos os cenários para 2022, aponta pesquisa

Lula começa a ameaçar o favoritismo do atual presidente e, segundo o levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, pode ser o adversário do capitão reformado do exército no segundo turno do pleito

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Apesar de Jair Bolsonaro (sem partido) liderar a corrida presidencial para 2022 em todos os cenários em que é citado, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) começa a ameaçar o favoritismo do atual presidente, segundo o levantamento divulgado pelo Instituto Paraná Pesquisas na manhã desta sexta-feira, 7. Bolsonaro lidera os quatro cenários de primeiro turno, com percentuais que variam de 32,7% a 34,5%. Em seguida, Lula aparece com índices que vão de 29,3% a 30,2%. Entre os outros nomes apresentados, estão o do Ciro Gomes (PDT), do apresentador Luciano Huck, do ex-ministro Sergio Moro, do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de João Amoêdo (Novo), do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, do senador Tasso Jereissati (CE-PSDB), do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM) e do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). Além de Lula e Bolsonaro, nenhum outro possível candidato obteve mais que 8% das intenções de voto.

Na primeira projeção para o segundo turno, Bolsonaro e Lula se enfrentam. O atual presidente tem 42,5%, enquanto o petista aparece com 39,8%. A diferença entre os dois opositores tem diminuído desde julho de 2020, quando Bolsonaro registrava 45,6% e Lula, 36,4%. Em dezembro de 2020, o chefe do Executivo computava 47,0% contra 33,4% do ex-presidente. Em janeiro de 2021, Bolsonaro caiu para 42,4% e Lula subiu para 35,7%. Na disputa entre Lula e Ciro Gomes, ex-presidente (38,6%) aparece com 10 pontos na frente do do pedetista (28,1%). No terceiro cenário de segundo turno, Bolsonaro registra 43,4% e Ciro, 35,3%. Na penúltima projeção, Lula e Doria protagonizam a maior diferença entre os candidatos: o petista fica com 41,5% e o governador de São Paulo, com 23,9%. Na disputa entre os atuais adversários políticos, Bolsonaro obtém 42,6%, enquanto Doria fica com 31,3%. Na comparação com levantamentos anteriores, Doria tem ganho apoio e Bolsonaro tem visto sua influência diminuir. Mesmo assim, a discrepância entre os candidatos continua grande. O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 2010 eleitores com 16 anos ou mais. As consultas foram feitas por telefone, entre os dias 30 de abril a 04 de maio de 2021, em 26 Estados e Distrito Federal e em 198 municípios brasileiros. O grau de confiança é de 95%, com margem de erro estimada em e 2% para os resultados gerais.

Situação Eleitoral – Cenários 1 e 2

Situação Eleitoral – Cenários 3 e 4

Situação Eleitoral – Cenários 6 e 7 de segundo turno

(Jovem Pan)