Leite pede ‘bom senso’ e exige conclusão das prévias do PSDB em até 48 horas – Porto Alegre 24 horas

Leite pede ‘bom senso’ e exige conclusão das prévias do PSDB em até 48 horas

De acordo com o governador do Rio Grande do Sul, o prolongamento da eleição para escolher o próximo candidato da legenda a concorrer à presidência da República em 2022 faria com o processo perdesse a ‘integralidade’
Foto: Dida Sampaio | Estadão Conteúdo

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Eduardo Leite emitiu uma nota oficial, na noite deste domingo, 21, exigindo a conclusão das prévias do PSDB em até 48 horas. De acordo com o governador do Rio Grande do Sul, o prolongamento da eleição para escolher o próximo candidato da legenda a concorrer à presidência da República em 2022 faria com o processo perdesse a “integralidade”. “A campanha de Eduardo Leite manifesta-se em nome do bom senso, da celeridade do processo e da manutenção do regramento eleitoral pela conclusão do processo em, no máximo, 48 horas, exigindo um aditamento ao edital com o novo prazo”, diz o comunicado, assinado também por Tasso Jereissati, José Aníbal, Pimenta da Veiga e Teotônio Vilela Filho, ex-presidentes da sigla e apoiadores de Leite. “A gente entende que pode ser feita toda a análise técnica amanhã de manhã. Fazer uma reunião no fim da manhã para identificar o que gerou os entraves do ponto de vista da estrutura do aplicativo, se façam as correções e ele seja aberto assim que possível”, completa.

Confira nossos perfis no Instagram, TwitterFacebook e Telegram e tenha acesso a todas nossas notícias.

Mais cedo, João Doria e Arthur Virgílio, que também concorrem nas prévias, anunciaram que gostaria de finalizar a eleição no próximo domingo, 28 de novembro. Para Leite, caso isso aconteça, haverá chance de os dois lados fazerem movimentos que mudariam as feições da campanha. “O prazo dilatado vai ensejar a reabertura do processo eleitoral nesta semana. Será uma outra campanha. Com mais do que isso (48 horas) as prévias perderiam sua integralidade, seja pelo prazo, seja pelo número de votantes, seja pela incapacidade técnica do aplicativo, seja pela agressão ao ato normativo eleitoral ou seja pelas denúncias de irregularidades de todo o tipo, que se avolumaram no dia de hoje e que poderiam ensejar judicializações e sindicâncias indesejadas”, alega.

As prévias do PSDB, marcadas para este domingo, foram suspensas devido à instabilidade no aplicativo usado para votar – também era possível votar presencialmente. Segundo Leite, se a plataforma não for corrigida até terça-feira, o partido teria de intervir e definir um novo processo. “Aí o partido irá ter que tomar a decisão diante da questões técnicas em como deve proceder do ponto de vista técnico político”, finalizou o governador do Rio Grande do Sul, que convocou uma entrevista coletiva para explicar a situação. (Jovem Pan)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade