Lula ataca Bolsonaro, defende liberdade religiosa e diz que vai ‘distribuir a riqueza do país a todos’ – Porto Alegre 24 horas

Lula ataca Bolsonaro, defende liberdade religiosa e diz que vai ‘distribuir a riqueza do país a todos’

Ao lado de Geraldo Alckmin (PSB), vice da chapa, o petista atacou Jair Bolsonaro (PL) no assunto religião e acusou o atual chefe do Executivo de pregar o crime
Foto: Estadão Conteúdo

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Lula (PT) encerrou sua viagem ao Nordeste no último sábado, 18. Depois de passar por Natal e Maceió, o pré-candidato à presidência pelo Partido dos Trabalhadores se encontrou com líderes políticos e militantes de sua legenda em Aracajú. Ao lado de Geraldo Alckmin (PSB), vice da chapa, o petista atacou Jair Bolsonaro (PL) no assunto religião e acusou o atual chefe do Executivo de pregar o crime. “É preciso reconstruir um país de harmonia”, disse, em conversa com apoiadores. Nas redes sociais, ele seguiu a mesma linha. “Somos o país do amor, da tolerância. Temos que ter liberdade religiosa. Temos que respeitar todas as religiões. O que não podemos é usar o santo nome de Deus em vão como faz o Bolsonaro”, disparou.

Confira nossos perfis no Instagram, TwitterFacebook e Telegram e tenha acesso a todas nossas notícias.

Lula também disse que pretende voltar à presidência para distribuir a riqueza do país a todos. Segundo o petista, não adianta o PIB (Produto Interno Bruto) crescer. É preciso saber se o resultado desse crescimento foi distribuído. Lula ainda falou em governar para todos, mas também disse que iria priorizar as pessoas em situação de vulnerabilidade – atualmente, mais de 33 milhões estão passando fome no país, segundo levantamento. De acordo com o ex-presidente, os “pobres são as pessoas para quem é preciso governar de verdade.” (Jovem Pan)

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade