Partido Progressista confirma Comandante Nádia como candidata ao Senado

Partido Progressista confirma Comandante Nádia como candidata ao Senado

A Comandante Nádia foi a primeira mulher a comandar um Batalhão da Brigada Militar na história do Rio Grande do Sul.
Foto: Jeannifer Machado | CMPA

Compartilhe esta notícia

A família Progressistas oficializou em convenção estadual a chapa completa para as eleições majoritárias do Rio Grande do Sul e os candidatos a deputados estadual e federal. O auditório Dante Barone, na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre, foi tomado por centenas de militantes, deputados, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de todas as regiões do Estado. Quem passava, no sábado pela manhã, pelo centro da capital, notava o clima de festa já na Praça da Matriz, em frente à AL. O entusiasmo com a candidatura do Heinze a governador, ao lado da candidata à vice-governadora, Tanise Sabino, foi contagiante. Luis Carlos Heinze não perdeu nenhuma das sete eleições que disputou, desde a primeira para prefeito de São Borja.

Confira nossos perfis no Instagram, TwitterFacebook e tenha acesso a todas nossas notícias.

A Comandante Nádia levantou o público ao se posicionar como a nova senadora bolsonarista pelo Rio Grande do Sul. Ela foi homologada como candidata ao Senado e defende valores conservadores e o conceito de segurança mais efetiva nas ruas. Nádia foi a primeira mulher a comandar um Batalhão da Polícia Militar no RS: ”É necessário rever leis. Considero um absurdo que marginais estejam soltos enquanto a população tem que se trancar dentro de casa. E o preso cumprir pena trabalhando”, destacou a Comandante, que, claro, trabalhará também em outras áreas, como: desenvolvimento econômico, agronegócio e educação.

O Progressistas gaúcho foi a primeira sigla a oficializar um pré-candidato à corrida ao Piratini, em junho de 2021. O PP terá 52 candidatos a deputado estadual e 31 candidatos a deputado federal. O Plano de Governo está pronto e foi estruturado a partir de encontros e debates com representantes da sociedade civil em todas as regiões do estado. A majoritária realizou 27 encontros. Ao todo foram ouvidas cerca de 20 mil pessoas. São 189 ideias, divididas em 11 áreas.

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade