A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) registrou o total de 52.518 casos confirmados de pacientes com Covid-19 em Porto Alegre até esta quinta-feira (19). Entre estes, 45.482 pessoas se recuperaram da doença e 1.450 morreram. Também foram registrados 148.317 casos negativos e outros 11.000 estão em análise.

Os serviços de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) estavam, até as 20h, com 245 casos confirmados de Covid-19 adultos e um na pediatria. Há também 15 casos suspeitos de adultos e seis em pediatria.

Campanha de vacinação contra poliomielite segue até sexta

A campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e de multivacinação termina nesta sexta-feira (20), nas unidades de saúde da Capital. Iniciada em 5 de outubro, a campanha foi prorrogada para ampliar a imunização de crianças de 12 meses a menores de cinco anos com uma dose extra das gotinhas e atualizar a caderneta de crianças e adolescentes menores de 15 anos.

Até sexta-feira, 13, foram aplicadas 30.342 doses contra a paralisia infantil, de acordo com o SIPNI (Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações) – uma cobertura de 46,65%. A meta é vacinar 61.784 crianças contra a poliomielite, 95% do total de 65.036 crianças de 12 meses a menores de cinco anos na Capital. Com relação à multivacinação, foram aplicadas 66.568 doses das demais vacinas, conforme dados do E-SUS. Os números são parciais e sujeitos à revisão.

A diretora de Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde, Diane Nascimento, destaca a importância de que pais ou responsáveis busquem uma unidade de saúde para garantir a imunização de crianças e adolescentes. A ideia é garantir a proteção contra diversas doenças imunopreveníveis e melhorar as coberturas vacinais. Por isso, é muito importante procurar os locais de vacinação.

Estão disponíveis doses do calendário nacional de vacinação, de acordo com a idade e situação vacinal. As unidades de saúde estão preparadas para o atendimento, seguindo orientações e protocolos do Ministério da Saúde. O uso de máscara é recomendado a adultos e crianças a partir de dois anos de idade. Para evitar aglomerações, são mais de 100 locais disponíveis. (O Sul)