Leilão eletrônico do prédio da antiga Smov de Porto Alegre é temporariamente suspenso
Foto: Pixabay

Leilão eletrônico do prédio da antiga Smov de Porto Alegre é temporariamente suspenso

O lance mínimo é de R$ 48,1 milhões

Compartilhe esta notícia

A sessão pública para venda do prédio e do terreno da antiga sede da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov), na avenida Borges de Medeiros, 2244, que ocorreria nesta segunda-feira, 27, foi adiada. Uma decisão liminar do Tribunal de Justiça suspendeu o leilão.

A Procuradoria-Geral do Município (PGM) analisa novas alternativas jurídicas para dar seguimento ao processo. O terreno tem 4,9 mil metros quadrados com área construída de aproximadamente 9,9 mil metros quadrados. O lance mínimo é de R$ 48,1 milhões, segundo avaliação da Caixa Econômica Federal.

Habitação popular – Os recursos arrecadados serão destinados à construção de 254 unidades dos residenciais Barcelona 1 e 2, no bairro Humaitá, demanda de duas décadas da comunidade.

Patrimônio imobiliário – A prefeitura deu início ao Programa de Gestão do Patrimônio Imobiliário de Porto Alegre em maio de 2022, regulamentado pela Lei Complementar 942, para dar uma destinação mais adequada a bens considerados sem utilidade.

A ação permite que os bens do município sejam vendidos, permutados, cedidos, parceirizados, além de abrir outras possibilidades de utilização dos valores, desde que estejam de acordo com o melhor interesse para a administração pública.

 

Texto: Mariana Kruse/PMPA
Cobertura do Porto Alegre 24 Horas

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Porto Alegre 24 Horas nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Tem também o nosso grupão do Telegram.

Siga o Porto Alegre 24 Horas no GOOGLE News!