A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, nesta segunda-feira (02), a Operação Finados 2020. Iniciada à meia noite da última sexta-feira (30), as ações tiveram como objetivo o combate à criminalidade e à prevenção de acidentes mediante a realização de policiamento ostensivo em locais e horários de maior incidência de ocorrências graves.

Para garantir a segurança e fluidez das rodovias federais no Rio Grande do Sul, a PRF atuou com reforço de efetivo, e a operação resultou na fiscalização de mais de 7.211 pessoas e 7.566 veículos. Durante o período da operação, foram realizados quase 360 testes de etilômetro com o objetivo de conscientizar os usuários da rodovia quanto ao risco do consumo de bebida alcoólica e a condução veicular, e de retirar motoristas embriagados do trânsito. Ao todo, 50 condutores foram autuados por embriaguez ao volante.

Segurança Viária

Cumprindo com sua missão de promover a mobilidade e a segurança viária, os agentes da PRF flagraram condutores e passageiros desrespeitando a legislação de trânsito durante o feriadão. Obrigatório não só para o motorista, mas também para todos os ocupantes do veículo, o não uso do cinto de segurança gerou 289 autuações. A fiscalização de ultrapassagem em local proibido flagrou 360 condutores realizando essa manobra, uma das mais associadas a acidentes graves.

A PRF registrou no Rio Grande do Sul um total de 63 acidentes, sendo 19 ocorrências graves que resultaram em 92 pessoas feridas e 1 morte durante o feriado.

Criminalidade

Em paralelo às ações preventivas de segurança viária, a PRF reforçou ações pontuais de combate ao crime. De 30 de outubro a 2 de novembro, 22 pessoas foram detidas por crimes diversos.