Um protesto realizado por um grupo de rodoviários na manhã desta quarta-feira (18), contra a proposta da prefeitura da extinção de cobradores em determinados horários nas linhas de ônibus de Porto Alegre, acabou gerando transtornos no trânsito da Capital.

O dia amanheceu com mobilizações próximo a algumas garagens de ônibus. Os grupos não bloquearam as garagens, a adesão à paralisação é opcional.

Uma caminhada começou a ser preparada as 7h, na Avenida Bento Gonçalves, no corredor de ônibus. Os manifestantes seguem até a Câmara de Vereadores. Por conta da caminhada, os ônibus não estão conseguindo transitar, causando enorme fila de ônibus na via.

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informou que podem ocorrer falhas na tabela horária. A empresa acrescentou que lotações estão autorizadas a transportar pessoas em pé, e que horários da linha T11 foram reforçados pelo consórcio Viva Sul para minimizar o impacto.

*Com informações G1