Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Uma fatalidade foi registrada na tarde do último domingo (13), após uma mãe ser detida no Presídio Estadual de Alegrete com entorpecentes dentro de um pacote de erva-mate. Ao saber que havia droga e que seria conduzida à Delegacia de Polícia, a mulher de 59 anos comunicou um outro filho que a acompanhou até à DP. Ao chegar na Delegacia, ela sentiu-se mal e foi amparada pelo filho, na sequência a encaminharam à UPA. Durante atendimento, segundo informações do registro, ela sofreu um infarto e não resistiu. A mulher faleceu na Unidade de Pronto Atendimento.

O fato:

De acordo com o boletim de ocorrência, na tarde de ontem, durante a entrega de pertences a apenados, a mãe foi ao PEAL levar mantimentos para um dos filhos. Na revista dos produtos foram localizadas dentro de um pacote de erva-mate, substâncias com as características de maconha. Ao ser questionada, ela disse que desconhecia que no pacote poderia ter a existência de entorpecente e acrescentou que na noite de sábado (12), um motociclista desconhecido deixou o pacote em sua residência.

Um outro filho da senhora foi comunicado e a acompanhou até à DP e, posteriormente a UPA. Ela foi conduzida pelos agentes da SUSEPE em ambos os locais. Na UPA não resistiu a um infarto. (Alegrete Tudo)