Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

Do Sul21

O governo do Estado anunciou nesta segunda-feira (18) que irá realizar um ato simbólico no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), às 21h30, para marcar o início da campanha de vacinação contra o coronavírus no Rio Grande do Sul.

O objetivo inicial do governo era realizar o ato às 18h, mas, devido a um atraso na entrega das vacinas por parte do governo federal, as 341,8 mil doses da CoronaVac que o Estado receberá nesta primeira etapa da distribuição só chegarão ao RS às 20h25.

Segundo o governo, a distribuição para as 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS) deve começar logo após a chegada das doses no RS, o que permitiria o início da vacinação nos municípios já a partir desta terça. A remessa das doses para as CRS será por via aérea ou terrestre, no caso das coordenadorias localizadas próximas da Capital.

Por serem duas doses por pessoa, o governo estadual planeja distribuir agora em torno de 168 mil doses. No caso da CoronaVac, o espaço entre a primeira e a segunda aplicação deve ser entre 14 e 28 dias.

A primeira fase da vacinação irá priorizar profissionais da saúde da linha de frente contra a covid-19, idosos que vivem em instituições de longa permanência (ILP) e indígenas. De acordo com a tabela divulgada pelo Ministério da Saúde, o grupo prioritário na primeira remessa da vacinação no Rio Grande do Sul abrange 162.761 pessoas, sendo 9.510 idosos, 380 pessoas com deficiência, 138.523 trabalhadores da saúde e 14.348 indígenas.