Foto: Giulian Serafim/PMPA

Secretaria da Saúde orienta população a buscar postos para sintomas respiratórios leves

Unidades de saúde são indicadas para atender sintomas como dor de garganta, cansaço leve, dor de cabeça e no corpo

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) orienta que as unidades de saúde são indicadas para atender pessoas com sintomas respiratórios leves, como dor de garganta, cansaço leve, dor de cabeça e no corpo. A rede municipal conta com mais de 130 postos, incluindo unidades de turno estendido, abertas até as 22h (veja lista).

No local, o profissional está apto a orientar para os cuidados necessários e solicitar exame que testa o contágio por Covid-19. São 19 pontos de coleta na cidade, entre laboratórios parceiros e tendas em unidades de saúde.

“Medidas de distanciamento social, uso de máscara e higienização de mãos com água e sabão ou álcool em gel, além de não fazer aglomerações, são extremamente importantes para evitar a disseminação da Covid-19”, orienta o coordenador Municipal de Urgências da SMS, médico Diego Fraga.

Atenção – A SMS alerta que atendimentos de emergência são para casos de falta de ar aguda e cansaço em excesso, diferentes do habitual, acompanhados de febre permanente. Nessas situações, são indicados os prontos atendimentos Bom Jesus, Lomba do Pinheiro e Cruzeiro do Sul e a UPA Moacyr Scliar.

Pacientes com necessidade de internação são cadastrados na Central de Leitos do município e aguardam a disponibilidade de leito hospitalar. Quadros mais graves, com necessidade de oxigênio ou ventilação mecânica, são encaminhados para unidades de terapia intensiva (UTI). Outros menos graves são direcionados a leitos de enfermaria.

Nesta quarta-feira, 10, Porto Alegre tem 751 pacientes adultos com Covid-19 confirmados em UTI e 44 suspeitos, conforme dados das 13h. Outros 198 estão na emergência aguardando leito de UTI. A lotação hospitalar para casos do novo coronavírus está em 111,41%. Nos três prontos atendimentos e na UPA Moacyr Scliar, 59 pacientes aguardam UTI e outros 140 aguardam internação. (PMPA)