Foto: Divulgação | PMPA

Superlotação em UPAs de Porto Alegre supera 300%

Postos estão atendendo apenas casos de extrema gravidade.

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A alta dos casos de coronavírus segue impactando as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Porto Alegre, que seguem trabalhando com restrição no atendimento de pacientes devido ao quadro de superlotação. As unidades estão atendendo apenas casos de extrema gravidade. Conforme informações, as instituições de saúde chegaram a atingir na terça-feira 300% de lotação.

Os casos mais graves estão sendo encaminhados para unidades da Cruzeiro do Sul, da Lomba do Pinheiro, da Bom Jesus e da Moacyr Scliar. A lotação no Pronto Atendimento da Cruzeiro do Sul atingiu 333,33% e o setor de traumatologia do pronto atendimento voltou a ser um dos locais mais procurados pela população.

Em praticamente todas as unidades registra-se alta procura por leitos e intensa movimentação de equipes de saúde, que trabalham arduamente para dar conta de tantos casos. As informações são do Correio do Povo.