Prestes a encerrar, vacinação contra gripe só imunizou 52% entre grupos prioritários – Porto Alegre 24 horas

Prestes a encerrar, vacinação contra gripe só imunizou 52% entre grupos prioritários

Crianças, um dos grupos mais vulneráveis para a Influenza, tem uma das menores taxas de vacinação, apenas 31,9%
Foto: Cesar Lopes | PMPA

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Sul21

Dados do LocalizaSUS, ferramenta do Ministério da Saúde, extraídos nesta quarta-feira (22), indicam que foram aplicadas 366.534 doses de vacinas contra a gripe em Porto Alegre. Do total, 72.027 são pessoas que não integram grupos prioritários e aproveitaram a oportunidade para garantir a proteção contra os vírus influenza A H3N2 e H1N1 e B.

Confira nossos perfis no Instagram, TwitterFacebook e Telegram e tenha acesso a todas nossas notícias.

Entre os grupos prioritários, os idosos têm o maior percentual, com 62,3% da meta alcançada, ou 189.709 doses. Desde 6 de junho, todas as pessoas a partir de seis meses de idade podem receber a dose. O objetivo da campanha, que prossegue até o dia 24, é vacinar 90% da população estimada para cada grupo prioritário. Até o momento, a cobertura é de 52,2%.

O diretor adjunto da Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (DVS/SMS), Benjamin Roitman, afirma que a vacina é segura e protege contra as complicações da doença, diminuindo a necessidade de internações e busca por atendimento de urgência. Ele destaca que o frio fragiliza a imunidade do organismo e, com ambientes mais fechados, a transmissão do vírus é facilitada.

Crianças

“A vacina leva pelo menos 15 dias para fazer o efeito protetivo necessário. Então, quanto mais cedo a dose for feita, mais rapidamente o organismo criará anticorpos”, explica o médico pediatra, enfatizando a importância das crianças serem imunizadas.

O público infantil, considerado vulnerável para a ação do vírus Influenza com possibilidade de evolução para casos graves, também tem papel relevante na transmissibilidade da doença. “Quanto mais pessoas, de todas as idades, estiverem vacinadas, menor a circulação dos vírus e a infecção”, ressalta.

As campanhas de vacinação contra covid-19 e contra gripe ocorrem de forma simultânea. Com exceção das crianças de 5 a 11 anos de idade, que devem ter intervalo de 15 dias entre uma dose e outra, todas as pessoas podem receber as duas doses de forma concomitante. Importante lembrar que ao serem vacinadas as gestantes protegem os bebês, pois eles somente poderão receber a primeira dose da vacina aos seis meses de vida.

Dados por grupo prioritário:

Crianças – 24.843 (31,9%)
Gestantes – 2.693 (22,9%)
Idosos – 189.709 (62,3%)
Povos indígenas – 518 (28,5%)
Puérperas – 247 (12,8%)
Trabalhadores da saúde – 45.243 (44,6%)
Comorbidades – 119.362
Pessoas sem comorbidades – população em geral – 72.027

Serviço

Vacina contra influenza – aberta para todos os públicos a partir de seis meses de idade
Pontos de vacinação: 123 unidades de saúde e Shopping João Pessoa

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade