Bactéria nos Estados Unidos causa 22 hospitalizações e uma morte

Bactéria nos Estados Unidos causa 22 hospitalizações e uma morte

Ainda não se sabe a fonte do surto, mas a transmissão dessa bactéria acontece a partir principalmente do consumo de água e alimentos contaminados
Foto: Wildpixel/istock

Compartilhe esta notícia

Uma pessoa morreu e outras 22 tiveram de ser hospitalizadas após contrair uma bactéria chamada listeria no Estados Unidos, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). A fonte do surto ainda não foi identificada.

Os caos foram registrados em 10 estados diferentes, mas a maioria das pessoas mora ou viajou para a Flórida cerca de um mês antes de adoecer.

Sintomas

Os sintomas geralmente começam dentro de duas semanas depois que alguém come alimentos contaminados com listeria. As pessoas podem sentir febre, dores musculares, dores de cabeça, perda de equilíbrio e entre outros sintomas.

As pessoas com maior risco de casos graves incluem idosos, pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou doenças crônicas, mulheres grávidas e recém-nascidos.

Em mulheres grávidas, a infecção pode levar a aborto espontâneo, natimorto, parto prematuro ou complicações após o nascimento do bebê.

Embora o CDC não tenha identificado o alimento específico que pode estar espalhando a bactéria, os alimentos que geralmente são culpados por surtos de listeria são queijo, brotos crus, melões, carnes, frangos, patês, peixe e leite não pasteurizado.

A Listeria monocytogenes pode sobreviver em ambiente refrigerado e até mesmo em locais de congelamento.

CDC está pedindo aos profissionais de saúde que relatem os casos ao departamento de saúde. Aqueles que apresentam sintomas de listeria devem escrever o máximo que puderem lembrar sobre o que comeram no mês anterior à doença.

Fonte: Catracalivre

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade