Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), decidiu nesta quarta-feira (2) que irá decretar toque de recolher durante a madrugada em todo o estado. A medida valerá por um período de 15 dias a partir da edição do decreto, que deverá ocorrer em até 48 horas. O objetivo é conter o avanço da Covid-19, que já infectou 378.621 e matou 3.855 catarinenses desde o início da pandemia.

O toque de recolher foi decidido em comum acordo com prefeitos das 21 maiores cidades do estado, após reunião virtual com representantes da Federação Catarinense de Municípios (Fecam). Moisés segue assim o exemplo do Paraná, que impôs restrição à circulação noturna de seus habitantes em decreto assinado na última terça-feira (1º).

Na parte da noite, os estabelecimentos em Santa Catarina deverão fechar as portas até 23 horas, com a possibilidade de atender os clientes que já se encontram no recinto até meia-noite. Moisés decidiu ainda que o transporte coletivo deverá operar com uma ocupação máxima de 70% da capacidade dos ônibus e o uso de máscaras passa a ser obrigatórios em todos os ambientes, com exceção dos espaços domiciliares. (Gazeta)