Shakira coloca público para bailar em show em Porto Alegre
Connect with us

Cultura

Shakira coloca público para bailar em show em Porto Alegre

Publicado há

em

Créditos da foto da notícia: Foto: Ricardo Giusti.

Depois de sete anos longe dos palcos, Shakira não perdeu um minuto para iniciar o show da “El Dorado World Tour” na Arena do Grêmio, na noite desta terça-feira, em Porto Alegre. Sorridente e cheia de energia, a colombiana soltou os arranjos da inconfundível “Estoy Aquí”, seu maior clássico que foi emendada com outro hit latino, “Donde Estas Corazon” para abrir a apresentação. Ela manteve o pique alto para relembrar “She Wolf” e colocar todo mundo para bailar no estádio que estava lotadissímo. Aproveitando a pausa antes de “Si Te Vas”, a colombiana afirmou que estava com saudades e que amava muito estar de volta na Capital.

Depois o clima ficou mais suave com “Nada”, a primeira do álbum “El Dorado” a tocar no show, seguido de “Perro Fiel” que voltou a colocar o público da Arena pra dançar. A sensualidade faz parte do DNA de Shakira que transformou “Underneath Your Clothes” em uma baladinha sexy e logo seguiu embalando todo mundo com “Me Enamoré”. A colombiana logo deixou de lado as suas hipnotizantes coreografias para pegar a guitarra para cantar “Inevitable”, do qual ela fez um trocadilho ao dizer que era “inevitável” colocar esta canção no setlist.




O pop e reggaeton voltaram em peso com “Chantaje”, mas o público realmente pulou e acompanhou o baile de Shakira foi com “Whenever, Wherever”. Nesta canção, a colombiana vestiu seus trajes de odalisca e performou lindamente as suas referências árabes. O show ficou mais romântico com as faixas “Tu”, “Amarillo” e “Antologia”, que foi um momento mais nostálgico da cantora que recordou que esta foi uma das primeiras composições.

Notícia Relacionada:  Park Tupã vai receber doações para a Campanha do Agasalho

Famosa pelas suas parcerias internacionais, “La Tortura” contou com participação no telão de Alejandro Sanz e animou os gaúchos. Assim como foi com “Can’t Remember To Forget You”, que veio numa versão mais reggae, mas com muito peso no final quando Shakira assumiu a bateria e encerrou a música acompahada da voz de Rihanna. Enfileirando sucessos, a cantora engatou “Loca” com “Rabiosa” para encaminhar o show para o seu encerramento.




Por pouco os gremistas presentes na Arena não comemoraram o gol de Michel na vitória do Grêmio contra o River Plate com os hinos “La, La, La (Brazil 2014) ” e “Waka, Waka (This Time For Africa)”, que colocou a Arena toda pra festejar como se fosse, de fato, uma final de Copa do Mundo. Os gritos do gol vieram enquanto Shakira cantava o bis com a baladinha “Toneladas”. Foi a deixa perfeita para que a colombiana, então, cantasse “Hips Don’t Lie” e “La Bicicleta” para fechar a noite de muitas alegrias para os gaúchos.

Notícia Relacionada:  Tributo à britânica Adele é atração no Teatro do Bourbon Country

Com uma simpatia inigualável, Shakira preencheu quase duas horas de show com seus maiores sucessos da carreira. Apesar de não conversar muito, a cantora não deixou de retribuir o carinho do público com acenos, beijos e até mesmo no finalzinho da apresentação, ela desceu do palco para se aproximar e sentir o amor dos fãs. É evidente a alegria da cantora em estar de volta em uma turnê. Com uma voz perfeitamente recuperada de uma hemorragia vocal, que a fez adiar a “El Dorado World Tour” por alguns meses, e um rebolado que ninguém consegue acompanhar, Shakira provou ser uma artista completa que dá gosto de assistir e ouvir. (Lou Cardoso | Correio do Povo)



loading...
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio