Freepik

Alerta de ventania no Sul do BR: risco de tornado e downburst

Rajadas de vento podem superar 100 km/h no Rio Grande do Sul com proximidade de intensa área de baixa pressão atmosférica

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A Climatempo alerta para o risco de ventania severa e destrutiva na Região Sul do Brasil no fim de semana,  19 e 20 de dezembro de 2020, mas especialmente em áreas do estado do Rio Grande do Sul.

No sábado, 19 de dezembro, as rajadas de vento podem alcançar velocidades de 70 km/h a 100 kmh, de forma geral, nos três estados. Porém, para o OESTE DO RIO GRANDE DO SUL, não se pode descartar o  perigo de rajadas com até 130 km/h, com risco de formação de tornado e de downburst.

No domingo, 20 de dezembro, os estados da Região Sul ainda poderão sentir rajadas de vento muito fortes, com até 80 km/h, de forma geral. Porém, o sul do Rio Grande do Sul poderá sentir rajadas de até 100km/h.

Possíveis efeitos da ventania

Há  risco de detalhamentos, de quebra de galhos grosso de árvores, queda de árvores de médio e grande porte, tombamento de rede de transmissão e de postes de energia elétrica. Risco de movimentação perigosa de suportes de anúncios publicitários suspensos.

Causas

As rajadas de vento intensas estarão associadas com a formação e deslocamento de uma intensa área de baixa pressão atmosférica entre o norte da Argentina e o Uruguai, que vai gerar um ciclone extratropical, entre a noite da sexta-feira, 18/12/2020, e a noite do sábado, 19/12/2020. Uma frente fria também estará se deslocando sobre a Região Sul formando áreas de instabilidade.

A proximidade com a intensa baixa pressão atmosférica estimula a formação de fortes linhas de instabilidade, conjunto de nuvens do tipo cumulonimbus que se deslocam unidas e ordenadamente, que geram “frentes de rajada”. Este fenômeno é associado a rajadas de ventos muito fortes que também podem alcançar velocidades em torno de 100 km/h

Alerta válido até 15 horas de 20/12/2020

Fonte: Terra/Climatempo