Foto: Ricardo Giusti | PMPA

Temperatura deve se aproximar dos 30ºC no final de semana, mas frio volta com tudo na segunda-feira

Previsão é que Estados do Sul e do Sudeste registrem máximas de até 30ºC nos próximos dias; no entanto, nova frente fria pode ser mais intensa e provocar episódios de neve e chuva congelada

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Nos últimos dias, algumas cidades brasileiras registraram recordes nas quedas de temperatura. Além de toda a região sulista do Brasil, Estados como Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e o sul de Minas Gerais também sofreram com as baixas nos termômetros. Na capital paulista, por exemplo, a temperatura média atingiu mínima recorde, com 6,3ºC na última terça-feira, 20.

A situação também se repetiu no Rio, com mínima de 8,4ºC, em Porto Alegre (3,6ºC), Campo Grande (5,9ºC) e Curitiba (0,9ºC). A redução abrupta das temperaturas se deve a passagem de uma frente fria a partir do extremo sul do país. A boa notícia é que a massa de ar frio começa a perder força e a previsão é de altas temperaturas, próximas aos 30ºC, para o final de semana, explica o meteorologista do Climatempo, Fábio Luengo.

“Essa frente fria vai perdendo força gradativamente. Até o final de semana tanto em São Paulo quanto no Sul as manhãs ainda vão ser de frio. São Paulo vai ter mínima na sexta-feira de 11ºC, Curitiba 7ºC, o sul de Minas ainda pode registrar geadas mais fracas, mas com o tempo seco, o Sol ganha mais força e a tarde acaba esquentando mais”, explica.

No Rio Grande do Sul, os termômetros devem atingir também até 27ºC, enquanto Santa Catarina e Paraná podem chegar a registrar 30ºC nos próximos dias. Embora nem todas as passagens de frentes frias atinjam diretamente os Estados e municípios, Fábio Luengo explica que o fenômeno climático acontece a cada sete dias. Dessa forma, segundo ele, mesmo com previsão de altas temperaturas para o final de semana no Brasil, uma nova frente fria deve atingir os Estados sulistas a partir da próxima segunda-feira, com previsão de chegar a São Paulo na quarta.

Fábio pontua que ainda é cedo para avaliar se a nova onda de frio será mais severa, mas alerta: há possibilidade, até mesmo, de novos episódios de neve e de chuva congelada. “Vai ser bem intensa, ainda não sabemos se vai ser mais intensa que a anterior, mas provavelmente em algumas cidades sim. Mas já trabalhamos com chance de neve na quarta-feira. Se nevar ou ter chuva congelada, vai ser a sexta vez que o Brasil registra esses fenômenos nesse ano no Sul. […] Vai fazer bastante frio, o frio retorna com certeza.”