Semana de calor terminará com temperatura abaixo de zero

Semana de calor terminará com temperatura abaixo de zero

Frente fria muda o tempo no Rio Grande do Sul entre quinta e sexta e será precedida por mais dias de temperatura elevada
Foto: Andrea Acosta

Compartilhe esta notícia

Da Metsul

Uma grande massa de ar quente cobre grande parte do Brasil e parte dos países vizinhos. No Centro da Argentina, o ar quente foi responsável por trazer muito nevoeiro que afetou o tráfego aéreo na região de Buenos Aires neste fim de semana. No Norte argentino, a tarde deste domingo teve máximas acima de 35ºC em Las Lomitas, na província de Formosa. Já no Paraguai, a máxima atingiu 38ºC em Las Palmas, marca apenas 0,4ºC abaixo da maior temperatura já observada em julho no país. Assunção foi a 33ºC no seu aeroporto, em Luque.

A mesma massa de ar quente trouxe o domingo de temperatura elevada na maior parte do Rio Grande do Sul. As maiores máximas em estações oficiais foram de 29,4ºC em São Borja, 29,1ºC em São Luiz Gonzaga, 29,0ºC em Santa Rosa, 28,8ºC em Teutônia, 28,2ºC em Campo Bom e 28,1ºC em Santa Rosa. Mesmo na Serra fez calor com 28,4ºC em Serafina Correa. Já em estações particulares, as máximas deste domingo atingiram 31,2ºC em Porto Xavier e 30,0ºC em Santa Rosa.

A massa de ar quente vai influenciar o tempo durante grande parte desta semana no Rio Grande do Sul. Até quinta-feira, milhões de gaúchos vão enfrentar tardes com máximas acima do que é normal para esta época do ano. No Noroeste gaúcho, todos os dias até quinta devem ter máximas à tarde de 28ºC a 30ºC. Na quinta, horas antes da chegada da frente fria, parte do estado gaúcho deve ter a intensificação do calor em razão da atuação de uma corrente de jato (vento) em baixos níveis da atmosfera.

Esta frente fria vai fazer com que a semana termine muito diferente do seu começo. A frente avança pelo Rio Grande do Sul entre a tarde e noite da quinta e o começo da sexta com chuva que será generalizada e risco de temporais. O sistema frontal, além da chuva, trará um acentuado declínio da temperatura.

Uma massa de ar frio na retaguarda da frente domina o território gaúcho na sexta, dia que terá temperatura muito mais baixa que a véspera. O ar frio pode chegar com rajadas de vento forte. No sábado, sob influência do ar polar, o dia amanhece muito frio e com geada, com chance de marcas negativas na Serra do Sudeste. Pode fazer 6ºC em Porto Alegre com marcas de 4ºC a 5ºC na região metropolitana.

A semana, entretanto, vai começar com temperatura alta. O sol vai aparecer acompanhado de nuvens em grande parte do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira. Mais nuvens e chance de chuva em pontos da fronteira com o Uruguai, Sul gaúcho e a Campanha, especialmente na primeira metade do dia.

Ar quente persiste sobre o Estado e traz mais um dia de temperatura elevada para esta época do ano na maioria das cidades gaúchas. Mais calor no Noroeste, onde as máximas, de novo, ficam ao redor dos 30ºC nesta segunda. Na costa, nevoeiro costeiro e nuvens baixas com temperatura mais baixa, o que pode ocorrer em pontos da Lagoa dos Patos e entorno, como Porto Alegre à noite.

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade