Mais de 5,4 mil motoristas foram autuados por álcool ao volante em Porto Alegre – Porto Alegre 24 horas
Foto: Divulgação | PMPA

Mais de 5,4 mil motoristas foram autuados por álcool ao volante em Porto Alegre

Em três anos, ocorreram 614 operações, com 44.373 condutores abordados

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

As blitze do Balada Segura da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) já autuaram 5.421 motoristas em razão de álcool ao volante nos últimos três anos, até março de 2019. Neste período, ocorreram 614 operações, com 44.373 condutores abordados. Somente no primeiro trimestre de 2019, foram realizadas 4.434 abordagens de um total de 64 blitze, com o registro de 530 casos de álcool e direção. Os dados são da Gerência de Fiscalização de Trânsito da EPTC.

O diretor-presidente da EPTC, Fabio Berwanger Juliano, analisa os resultados. “Mesmo com as ações permanentes de educação para o trânsito, com abordagens e orientações às pessoas sobre os graves riscos de acidentes por beber e dirigir, além de ser proibido, permanece uma média acima de 10% de condutores autuados nas blitze por esta questão. Continuaremos, junto com os nossos parceiros, trabalhando forte em educação e também em fiscalização. Nosso foco é e sempre será priorizar a vida das pessoas no trânsito.”
[in_article]
As autuações vinculadas à questão do álcool e direção são gravíssimas, inseridas nos artigos 165 (teste positivo), 165A (recusa) e 306 (crime), com possibilidades de perda do direito de dirigir, além de multa de até R$ 2.934,70. Podem resultar de seis meses a três anos de detenção aos condutores envolvidos.

As blitze do Balada Segura em Porto Alegre têm apoio da Brigada Militar, Detran, Guarda Municipal e Polícia Civil. (PMPA)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade