Vídeo mostra bote de cobra no rosto de criança em zoológico – Porto Alegre 24 horas

Vídeo mostra bote de cobra no rosto de criança em zoológico

Ela precisou ser levada ao hospital!
Foto: Reprodução

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Uma menina que visitou o zoológico na Rússia se tornou viral depois que viveu um péssimo momento ao ter contato com uma cobra.

De acordo com o New York Post, Viktoria, de cinco anos, foi surpreendida por um bote quando posava para um vídeo com a cobra enrolada no pescoço.

A picada no rosto veio de uma cobra levemente venenosa da África Oriental e a menina precisou ser levada a um hospital para tratamento apenas por segurança. Eles esclarecem que a dor da mordida se assemelha a uma injeção.

“Chamamos uma ambulância e levamos a criança ao hospital para ser examinada. A equipe do zoológico disse que a cobra não ataca as pessoas”, comentou Vladimir, pai da criança.

Ninguém sabe por que a cobra – que os funcionários do zoológico dizem nunca ter atacado ninguém antes – decidiu picar a criança. No entanto, especulam hipóteses que explicariam o ataque.

A primeira é que a janta de Viktoria poderia ter sido percebida pelo animal. A menina comeu um frango antes de entrar em contato com a cobra. Ela também brincou com alguns filhotes no recinto e o cheiro também pode ter a transformado em uma presa atrativa.

“As cobras são muito sensíveis ao cheiro. Se ele estava com fome e a menina cheirava a presas como filhotes, isso poderia fazer a cobra mordê-la”, explicou a especialista em répteis Ekaterina Uvarova.

Como são animais, o estresse devido à atenção excessiva dos visitantes também pode ter motivado uma reação.

“Um animal que está sendo tocado o tempo todo, que não tem onde se esconder e descansar e está em constante estresse. Nunca é bom”, disse a especialista como alerta.

Fonte: Metro

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade